domingo , março 1 2015
EDIÇÕES RECENTES
  • O levantar das venezianas

    O levantar das venezianas

    Há muito tempo não sentia uma brisa tão confortante como esta, que parece feita por mim mesmo, para ...

  • ASTERISCOS

    ASTERISCOS

    Como um suicida que deixa uma carta em cima da mesa, para descansar a polícia, deixo o meu poema no ...

  • LUDOTERAPIA

    LUDOTERAPIA

    Se em duas décadas dois homens revezaram seu infortúnio, a infância de castigo sai da cadeira, e tud...

  • “Deserto particular”, por Cristiano Ramos (*)

    “Deserto particular”, por Cristiano Ramos (*)

    “Cantos de contar” traz uma caprichada seleção de poemas de Alberto da Cunha Melo, que f...

  • Sugestões

    Sugestões

    Quero dezembros, sou louco por dezembros e por uma mulher chamada Cláudia, filha de Oxum, e de cabel...

  • O poeta e a crítica

    O poeta e a crítica

    Alguns recortes da crítica com links para os artigos completos  (Clique nos nomes dos autores) “(...

  • Ergonomia

    Ergonomia

    O grande trabalho é do amor sem bronzes, sem assinaturas, no ar do espaço, na hora do tempo, pólen d...

Slide Box

O levantar das venezianas

O levantar das venezianas

ASTERISCOS

ASTERISCOS

LUDOTERAPIA

LUDOTERAPIA

Presságios de Ano Novo

Presságios de Ano Novo

Sugestões

Sugestões

Apresentação do Natal

Apresentação do Natal

Natal

Natal

Ergonomia

Ergonomia

Alta Residência

Alta Residência

O Presente

O Presente

Fotos

Scroll To Top